quarta-feira, novembro 16, 2005

ao meu cavalo alado















Dou-te o leme
De rotas nada sei
Deixa comigo as velas
Que o barco não treme
Porque do vento eu conheço a lei
E , já o sabes, gosto de cavalos sem selas.

segunda-feira, novembro 14, 2005

O nome do Terror

sexta-feira, novembro 11, 2005

Avieiros





Os Avieiros, estas gentes que ainda povoam as margens do Tejo, desda Povoa de Santa Iria até as Caneiras (Santarém), houve tempos em que a relação com o rio era crucial para o sustento de muitas famílias, hoje são as origens para os mais novos, para os mais velhos é a única forma de vida que conhecem, a razão para não deixarem morrer as suas raízes culturais.

quinta-feira, novembro 10, 2005

Exxon Valdez





Ainda se lembram?


Não devemos esquecer,

Catástrofes destas acontecem.

terça-feira, novembro 08, 2005

Curiosidades

Jornalismo on line começou com tentativa e erro
A fundação do Universo Online, em 1996, envolveu uma pequena equipe de desbravadores. O título deve ser levado a sério ao se imaginar uma época na qual pouco (ou nada) se sabia de Internet no Brasil e sonhar com um provedor de conteúdo de porte na rede era, afinal, um sonho.
"Era difícil até conseguir jornalistas para trabalhar no projeto. Ninguém estabelecido em um veículo sério queria arriscar o pescoço em jornalismo on line", afirma a diretora de produtos e uma das fundadoras do UOL, Márion Strecker.
No início, a equipe do site contava com aproximadamente 20 pessoas e uma sala no terceiro andar do prédio da Folha na al. Barão de Limeira (hoje o UOL emprega mais de mil pessoas e está se mudando para um prédio na Faria Lima, em São Paulo).
E já era difícil antes mesmo do UOL. O primeiro veículo virtual da Folha, a Folha Web, era um site simples, feito a partir de um terminal localizado na Redação da Agência Folha e ocupava espaço pago em um provedor da Embratel (por esse provedor também passaram os primeiros sites do "Jornal do Brasil" e do "O Estado de S. Paulo").

Mudamos

"Quando nós inauguramos o UOL com servidor próprio, colocamos na página da Embratel um desenho de uma cabana pobre, com uma menininha na porta, e o aviso 'Mudamos'", diverte-se Márion. Apesar da brincadeira, colocar o UOL no ar foi bem complicado.
O site entrou no dia 28 de abril de 96, um domingo. Na tarde do sábado 27, tudo foi montado em um endereço falso (www.mxypkt.com.br), na própria rede, para a realização dos testes de navegação. Testes feitos, páginas prontas, era hora de transferir tudo para o www.uol.com.br. Começaram os problemas.
"Os links se perderam, nada abria, tudo dava pau. O pior é que a Folha já estava na gráfica, rodando, com uma reportagem anunciando a estréia do UOL. Nós tínhamos de colocar o site no ar de qualquer maneira", conta Márion.
Com o mundo desabando e o pessoal técnico resolvendo os problemas, o que os jornalistas, sem ter como ajudar naquele instante, poderiam fazer? "A gente foi ao cinema assistir ao filme 'A Excêntrica Família de Antônia'. Era melhor relaxar e ficar pronto para a hora em que fôssemos necessários", explica a diretora de produtos.
No final das contas, o UOL realmente estreou na madrugada do dia 28, em uma versão mista. Parte de seu conteúdo estava locada nas páginas de endereço uol.com.br e o restante no estranho mxypkt.com.br. "Na época não existiam especialistas na área, nós tivemos de aprender na base da tentativa e erro".

original de Folhaonline

Blogs e Jornalismo On Line

Um blog pode servir para muitas coisas, depende da ideia que temos e da intenção para a qual o blog foi criado, uma das suas características é a liberdade de ideias, podemos introduzir conteúdos vários, sem preocupação de imparcialidade ou cuidados na tomada de posição sobre qualquer matéria, por vezes ocorre exactamente o contrário, é nos blogs que mostramos o nosso desagrado ou contentamento, com a opção de continuar no anonimato ou fazer questão de se identificar, tudo depende da ideia que se têm quando se utiliza um blog.
Acho que não devemos confundir a blogosfera com o jornalismo on line, apesar da fronteira entre as duas realidades poder ainda não estar bem definida, ambos são fenómenos recentes, mas no jornalismo já existiam regras, nem sempre respeitadas, regras base de um jornalismo que se pretende de qualidade, e que para mim é o caminho certo para o jornalismo on line, com rigor e cuidado na forma como se trabalha a informação.
Jornalismo on line pode ser uma porta de saída para um futuro que promete depender muito desta rede gigante que é a Internet, em breve todos serão influenciados por este meio de comunicação, e faz todo o sentido explorar esta ferramenta, actualmente alguns dos seus limites ainda estão por atingir, cabe-nos a tarefa de pensar caminhos por onde andar neste universo, com o objectivo de sermos criativos e empreendedores, mas sempre cuidadosos numa base jornalística.

segunda-feira, novembro 07, 2005

O meu primeiro post!!

E é assim?!, aqui estou eu a escrever o meu primeiro post,